Polícia Civil de Valadares fiscaliza cumprimento de decreto municipal, em distribuidora de EPI

deposito EPI

Na manhã desta segunda-feira (23), a Polícia Civil de Minas Gerais, em apoio à Prefeitura de Governador Valadares (MG), visitou algumas distribuidoras de equipamentos de proteção individual da cidade, com o objetivo de dar cumprimento ao Decreto Municipal, do último dia 20 de março, que declarou situação de emergência de saúde pública no município, provocada pela pandemia do Coronavírus.

O decreto autoriza a requisição administrativa de equipamentos de proteção individual, como aventais e luvas descartáveis, máscaras, toucas, álcool 70%, sabonete líquido e seringas, para o Sistema Municipal de Saúde. Além da autorização de requisições dessa natureza, a prefeitura também determinou o fechamento dos estabelecimentos comerciais. Ficando abertos apenas, aqueles cuja atividade se enquadre nos serviços essenciais. O Secretário Municipal de Saúde, Enes Cândido, acompanhou a diligência policial.

De acordo com o Delegado Regional Fábio Guilherme Barreto Sfalcin, “a Polícia Civil também faz o papel de conscientização. Temos viaturas rodando pela cidade, em efetivo reduzido e, até o momento, não registramos nenhuma intercorrência. A população está contribuindo com a administração municipal, no sentido de dar cumprimento ao decreto, que também determinou o fechamento dos estabelecimentos comerciais e afins”, afirmou.

De acordo com o último boletim epidemiológico divulgado pela prefeitura, a cidade tem 52 casos suspeitos, 10 descartados e nenhum caso confirmado da Covid-19.

POR Rádio Mundo Melhor

 

LEIA MAIS

Comércio de Governador Valadares ficará fechado a partir de segunda-feira (23)

Com 40 casos suspeitos de Coronavírus, Governador Valadares decreta situação de emergência

Mundo Melhor suspende atendimento ao público e muda programação