Coronavírus: Bioquímica produz álcool etílico no hospital de Valadares

alcoolgel-prefeituragv

A luta contra o Coronavírus tem movimentado pessoas do mundo todo. O cenário mundial é de muita apreensão, devido ao grande número de mortos e infectados pela COVID-19, doença provocada pelo vírus. Em Governador Valadares (MG), segundo o último boletim epidemiológico da Prefeitura, já são 110 casos suspeitos, 15 descartados e um caso confirmado da doença.

O isolamento social é apenas uma das medidas que tem sido adotada pelo governo municipal, para prevenir o contágio e a propagação da doença. Mas uma das armas mais poderosas contra o vírus, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), é a higiene correta das mãos. A água e o sabão são os mais eficazes neste trabalho, mas na ausência deles, o álcool etílico é um grande aliado. Na cidade, uma bioquímica decidiu produzir 650 litros do material, que tem estado em falta em vários lugares, para ser usado pela Secretária de Saúde da cidade.

Claudine Menezes trabalha no Hospital Municipal de Governador Valadares. Ela conta que a produção álcool etílico 70% é feita no laboratório do próprio hospital. “Como a demanda por este material cresceu muito nos últimos dias, nossa equipe decidiu usar o espaço e o material disponível para produzir o álcool e evitar o desabastecimento”.

O material produzido está sendo usado no hospital e em postos de saúde. Este tipo de álcool serve para limpeza de objetos, e também para a higienização das mãos. A produção, segundo a Prefeitura de Valadares, começou no último dia 21 de março, e a primeira remessa foi levada para o almoxarifado da Secretaria. “Na medida em que as unidades de saúde precisarem, o material será enviado. Cerca de 50 litros estão sendo distribuídos por dia. É importante ressaltar que a produção segue todas as normas e protocolos de segurança para garantir a eficácia do produto”, conta a bioquímica.

Caso confirmado de COVID-19 em Valadares

A Prefeitura de Governador Valadares (MG) anunciou, no fim da noite dessa terça-feira (24), o primeiro caso confirmado de Coronavírus na cidade. Segundo o município, trata-se de uma mulher de 66 anos, que foi atendida no Hospital Municipal no último dia 18 deste mês. Ainda segundo o município, a mulher se encontra em isolamento domiciliar.

Álcool etílico está sendo produzido no Hospital Municipal de Governador Valadares. FOTO: Prefeitura de Valadares/Divulgação

Outros recursos

A Prefeitura de Governador Valadares assinou, nessa segunda-feira (23), com a empresa de tecnologia JMM Tech, um Termo de Cooperação que garante aos profissionais de saúde ferramentas tecnológicas para monitorar casos suspeitos, com a utilização de geolocalização.

A Secretaria de Saúde vai disponibilizar ao cidadão com suspeita da doença em isolamento social – ou àquela pessoa que eventualmente contrair a doença  um aplicativo que permite aos profissionais da saúde realizarem o acompanhamento em tempo real, com o envio de mensagens e informações.

Além disso, o município recebeu do Ministério do Trabalho, R$ 300 mil para a aquisição de equipamentos de proteção individual e uso prioritário para os profissionais da saúde em ações de combate ao Coronavírus.

Situação de emergência

No último dia 18 de março, dia em que a paciente que testou positivo para a COVID-19 foi atendida, a Prefeitura de Valadares decretou situação de emergência em saúde pública. Desde então, várias medidas foram anunciadas, dentre as principais, a suspensão das aulas da rede municipal, a princípio até o dia 31, fechamento de espaços públicos, suspensão de eventos e reuniões que gerem aglomerações de pessoas, e desde a segunda-feira, o fechamento do comércio.

Em novo decreto, publicado nessa segunda-feira, o prefeito André Merlo anunciou outras medidas para evitar aglomerações de pessoas e garantir a segurança na luta contra o Coronavírus. Dentre elas, estão limitação da quantidade de produtos essenciais à saúde, higiene e alimentação para aquisição individual, para evitar o esvaziamento do estoque desses produtos; proibição de visitas a centros de convivência de idosos; limitação da lotação dos ônibus do serviço de transporte coletivo urbano e distrital para o número máximo de passageiros sentados.

 

POR Sávio Scarabelli

 

LEIA MAIS

Governador Valadares notifica primeiro caso confirmado de Coronavírus

Com 40 casos suspeitos de Coronavírus, Governador Valadares decreta situação de emergência

Comércio de Governador Valadares ficará fechado a partir de segunda-feira (23)

Covid-19: Prefeitura de Valadares vai testar App para atendimento remoto de pacientes

Valadares recebe R$ 300 mil para proteção de profissionais da Saúde, contra a Covid-19

“Momento ainda é de isolamento social” – afirma secretário de saúde de Valadares, após primeiro caso confirmado de Covid-19