Uso de máscaras será obrigatório no transporte coletivo e no comércio, em Valadares

Andre merlo SCO-prefeitura

Em tempos de pandemia, já está sendo considerado normal ver as pessoas mascaradas nas ruas. Mas na maior parte do Brasil, o uso do equipamento proteção individual é apenas uma recomendação. Entretanto, em algumas regiões, onde os números de infectados pelo Coronavírus tem crescido, prefeitos e governadores tem tornado obrigatório o uso do equipamento, que diminui o risco de contágio e propagação do vírus.

Em Governador Valadares (MG), maior cidade do leste mineiro, o uso das máscaras vai se tornar obrigatório para a população no transporte coletivo, e locais onde há aglomerações, como estabelecimentos comerciais, bancos e filas. O decreto dever ser publicado no fim da tarde desta terça-feira (05). O anúncio foi feiro pelo prefeito André Merlo (PSDB), em seu programa semanal, na Rádio 97 FM.

Confira o anúncio sobre o uso obrigatório de máscaras:

 

Segundo o último boletim epidemiológico da prefeitura, Valadares tem 30 casos confirmados da COVID-19. Destes, quatro são de pacientes que já morreram. Sete pacientes estão internados. Seis estão aguardando resultados de exames para confirmação da COVID-19. A cidade tem 1021 notificações e 912 recuperados.

Em Valadares, o comércio funciona com restrições há cerca de 15 dias. Igrejas só podem receber um terço da capacidade de lotação nos templos. Fiéis que fazem parte do grupo de risco permanecem e casa. Clubes sociais e escolas de idiomas também estão com funcionamento flexibilizado. O município ainda estabeleceu uma escala de horários para o funcionamento da Indústria, do Comércio e de escritórios. As aulas da rede municipal seguem suspensas, mas os estudantes estão estudando por meio de uma plataforma digital disponibilizada pela Secretaria de Educação.

POR Sávio Scarabelli